BeHaveMarketing

BeHaveMarketing
Formação e Consultoria de Vendas e Marketing B2B

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

5 Formas de encontrar endereços de e-mail


Encontrar endereços de e-mail
Uma das grandes dificuldades dos profissionais de Vendas B2B tem a ver com a procura, não apenas do interlocutor correto, mas do seu endereço de e-mail profissional. 

Devido à sua utilização massiva (muitas vezes bastante exagerada) muitos profissionais das empresas optam por não divulgar abertamente o respetivo endereço de e-mail para minimizar contactos indesejados o que complica bastante o trabalho dos profissionais de vendas.

Mas há formas de descobrir esses endereços de e-mail. Abaixo passo a enumerar, pelo menos 5 formas, umas melhores que outras, de se obter um endereço de e-mail empresarial. A saber:


1) Website da empresa

Muitas vezes damos volta à nossa cabeça tentando saber quem é quem nas empresas quando, muitas empresas têm, no seu site um sector dedicado à sua Equipa (de Gestão, principalmente). Estão lá os nomes todos, redes sociais, fotos e, na maior parte das vezes os endereços de e-mail. 

Claro que esta prática não é comum a todas as empresas. Mas dou os parabéns às empresas que o fazem! Nada na manga! 

Devemos começar por aqui: ver o website da empresa.

2) Ferramentas Eletrónicas

Existem no mercado algumas ferramentas que ajudam a encontrar e-mails e a verificar se são corretos.



Têm versões grátis, mas os poucos créditos disponíveis (cerca de 50) esgotam-se rapidamente. 

Irei mencionar apenas dois (Find That Lead e Snov.io) mas se fizer uma pesquisa poderá encontrar mais.

Dão garantia a 100%? Não! Mas na maior parte das vezes acertam! Mesmo quando tentam adivinhar o endereço é possível verificar se esse endereço é válido!

Ambos têm extensão no Chrome o que dá muito jeito nas pesquisas.

Os preços rondam os 39$/mês para 1.000 créditos no Snov.io e 49$/mês para 5.000 créditos no Find That Lead. 

Faça um teste e veja como funcionam. Depois de se inscrever no Find That Lead, terá acesso a um preço de 9$/mês, na versão “light” com 500 créditos. Já não é mau! 

3) Perguntar à Telefonista

Parece tão básico, não é? É só perguntaremos à telefonista qual o endereço de e-mail do Dr. João Frota (nome fictício), certo?

Errado! Temos de ir com meio trabalho já efetuado:

a) Verificar no website (contactos) como o endereço de e-mail se compõe (tipo: info@xpto1.pt);

b) Baseados nesta informação ligamos à empresa e pedimos ajuda à telefonista:  dizemos que temos 2 endereços do "tal" Dr. João Frota e que está na dúvida sobre qual o correto (pode dizer outra coisa parecida).

Se utilizar a forma correta de se falar ao telefone (com um sorriso, falar pausadamente e tratar a pessoa pelo nome) na maior parte das vezes será bem-sucedido. Se perguntar diretamente qual o nome da pessoa, apanhará com um valente NÃO! O importante é ir com o trabalho de casa meio feito.

4) Publicações do setor e Associações Empresariais

Se é verdadeiramente um profissional de Vendas tem de seguir publicações e associações empresariais dos sectores que mais lhe interessam. 

Na maior parte das vezes encontrará as pessoas que lhe interessam e os respetivos endereços de e-mail. 

5) Linkedin

Certamente estranhará porque é que o Linkedin está em último lugar! Mas os últimos são os primeiros não é verdade?

O Linkedin é a maior rede social de negócios B2B e a maior base de dados B2B que pode encontrar nos dias de hoje. Só que, infelizmente muita gente evita publicar os respetivos endereços de e-mail profissionais pelos motivos óbvios! O que vê, em muitos casos é o endereço pessoal!

Temos de respeitar esta atitude, mas é algo que pode muito bem ser monitorizado através das respetivas configurações de privacidade. 

De qualquer maneira quem abuse da utilização de dados, mesmo empresariais como é o caso dos endereços de e-mail só o fará uma vez pois da próxima o seu e-mail será bloqueado ou irá parar à caixa de Spam.

Mas claro que o Linkedin é uma rede que pode e deve explorar.

a) Sales Navigator

Trata-se de um produto premium do Linkedin. Se o subscrever não precisará de nada disto que acabei de lhe escrever pois poderá contactar o interlocutor diretamente, entre outras vantagens!

O que falta abordar? 

a) Talvez a pesquisa Google: às vezes podemos ter sorte com alguma notícia que aparece sobre o interlocutor em causa e podemos chegar ao endereço de e-mail.

b) Bases de Dados oficiais: são excelentes para sabermos quem é quem nas empresas só que, na maior parte das vezes os endereços de e-mail são os gerais e não os personalizados. 

Em Resumo: 

  • Este trabalho de pesquisa é importante para uma eficaz prospeção comercial.
  • Trata-se de um processo que envolve várias atividades as quais foram acima mencionadas; 
  • Deve ser efectuado pela figura de um inside sales, caso ele exista na empresa;
  • O vendedor é como um um Marine ou Comando: deve ir para o terreno para missões especiais como apresentar Valor ao potencial cliente e fechar negócios!

Espero que este artigo lhe tenha sido útil!

Desejo-lhe Excelentes Negócios! 

Cumprimentos,

Jorge Miguel Conceição

Sem comentários:

Publicar um comentário